Acne – Causas, sintomas e como prevenir e tratar

Poucas doenças trazem tanto impacto na vida de quem a tem quanto a acne. Nos adolescentes e mulheres jovens, quando o quadro é mais grave pode levar a problemas de autoestima e ser um gatilho para possíveis casos de depressão.

O que é?

A acne também chamada popularmente de espinha (e por vezes cravo), é nada menos que a obstrução dos folículos pilosos da pele.

Como ela se desenvolve?

Isto pode ocorrer devido ao excesso de sebo produzido pelas glândulas sebáceas e/ou pelo acúmulo de células mortas na pele. Diante disto os folículos obstruídos são colonizados por bactérias e acabam por gerar a inflamação.

Tipos de Acne

A acne vulgar é um distúrbio cutâneo muito comum na adolescência, mas que, em alguns casos, pode se prolongar até a idade adulta.

O impacto no dia-a-dia é muito grande, além de poder causar marcas para o resto da vida!

Mas a acne, mesmo nas formas mais graves tem grande chance de cura.

É bom lembrar que o sucesso no tratamento da acne depende de algumas regras básicas:

• Procure um dermatologista de sua confiança, que esteja capacitado para lhe dar toda a assistência necessária;

• Paciência! Não interrompa o tratamento até que seu médico lhe diga quando fazê-lo. Mesmo que os resultados sejam rápidos, na maioria das vezes, o tempo de tratamento pode chegar a seis meses;

• Pode ocorrer piora das lesões no início do tratamento. Não deixe de ligar para seu médico, se tiver dúvidas. Siga sempre as orientações!

Durante a consulta, vários fatores como filtro solar, o hidratante e os cosméticos devem ser revistos, pois produtos inadequados podem piorar o seu quadro.

Ah! Temos observado que vários pacientes pioram com o uso do leite e seus derivados. E por vezes uma avaliação conjunta com outros especialistas, como o ginecologista, pode ser necessária para esclarecer uma possível causa hormonal.

E uma ótima notícia: com técnicas específicas, usando o laser CO2 fracionado, conseguimos melhorar bastante as cicatrizes que por acaso tenham surgido.