Ceratose Actínica

Ceratose actínica, tambem chamada ceratose solar ou ceratose senil são caracterizadas por placas duras, escamosas e com sensação de lixa, usualmente localizadas em áreas que recebem exposição excessiva de sol, tais como a face, orelhas, pescoço, lábios, antebraços e dorso das mãos. São consideradas como lesões pré-malignas da pele.

O paciente as vezes sabe exatamente onde estão, mas podem se tornarem discretas e até desaparecer por algum tempo. As ceratoses actínicas podem coçar e se tornar inflamadas e, as vezes, podem mesmo sangrar. Sua coloração pode variar da mais comum que é a vermelha até rosa ou da cor da pele. São muito comuns na região sul do Brasil, que apresenta população de pele muito clara.

Quais são os sintomas?

As ceratoses actínicas se apresentam como placas ou lesões escamosas, calosas ou rugosas na superfície da pele ou dos lábios. Apesar das placas rugosas e secas serem típicas, as ceratoses actinicas podem também se apresentar como lesões úmidas que não curam ou como crescimento córneo espesso. A coloração das lesões podem variar da cor da pele até marron escuro e o tamanho pode ser de um pequeno ponto até cerca de 1cm de diâmetro. Tem como característica crescer e diminuir de tamanho de tempos em tempos, mesmo se mantendo no mesmo lugar por longos períodos. A tendência é que com o passar dos anos aumente o número de lesões.

Por que elas aparecem?

Devemos ter claro que toda exposição solar que temos desde a infância vai causando danos cumulativos. Quem tem a pele clara, possue cabelos loiros ou avermelhados tem um risco aumentado para o aparecimento de ceratoses actínicas.
Como já comentamos pessoas que vivem em áreas com bastante sol e que se expões número de horas significativas em áreas descobertas e sem proteção correm um risco maior de desenvolver ceratoses actínicas. Normalmente em torno da idade dos 40 ou mais anos de vida é que se observa o seu aparecimento.

Opções de tratamento

Em verdade, são muitos os tratamentos que funcionam bem para o controle das ceratoses actínicas. Um exame apurado de toda sua pele respeitando suas características individuais vai determinar o tratamento que o dermatologista vai usar, sempre baseado no número e tipo de lesões que você possue, a sua saúde e a sua idade. A sua cooperação com as indicações do dermatologista são fundamentais para o sucesso do tratamento.