Clinica Weiss

Filtro solar: você sabe escolher o melhor para você?

Os dias continuam ensolarados e o Carnaval está chegando. Ir para a praia ou mesmo fazer longas caminhadas, mergulhar numa piscina de águas frescas é uma boa pedida. Mas… e a sua pele, está realmente protegida?


Temos visto, no atendimento dermatológico diário, que a maioria das pessoas confunde o “FPS” (Fator de Proteção Solar) impresso na embalagem dos filtros solares com fotoproteção. Assim ficam espantadas por terem aplicado um filtro solar com FPS alto e mesmo assim terem se bronzeado, piorado das sardas ou manchas. 


                                                                                       Fonte: +NASA


A explicação pode estar nos seguintes pontos:

  1. A quantidade de filtro solar aplicada. Para que se tenha uma boa fotoproteção, é essencial que a camada do produto seja bastante espessa;
  2. O filtro solar deve ser aplicado no mínimo 15 minutos antes da exposição ao sol, e reaplicado assim que a exposição começa;
  3. Porém, um fator extremamente importante e que quase ninguém leva em consideração, é que o FPS que consta no rótulo diz respeito exclusivamente aos raios ultravioleta B, responsáveis pelas queimaduras solares. Porém, os responsáveis pelo bronzeamento da pele e também pelo seu envelhecimento, são os ultravioleta A (UVA). A proteção contra os UVA é notada nos rótulos como PPD (Persistent Pigment Darkening). E pode estar representado com números, por exemplo, PPD 20 ou cruzes, como PPD ++. Assim, quanto mais alto o PPD, mais eficaz será o seu filtro solar e  menor a chance de manchas e envelhecimento da pele


Portanto, para que a sua pele esteja bem protegida, não apenas nesses dias de verão mas ao longo de todo o ano, tanto o FPS quanto o PPD do seu filtro solar devem ser levados em consideração, lembra Hugo Weiss dermatologista.


                        Visite o site da Clínica Weiss e fique por dentro de outras recomendações do dermatologista Hugo Weiss.


Clínica Weiss | Hugo Weiss Dermatologista

Fique conectado:



É importante ficar bem claro que a medicina não é uma ciência exata, e que os resultados podem variar, dependendo da região tratada, do tipo de pele, do tratamento empregado, do seu engajamento nos cuidados indicados e nas suas expectativas. Nós lhe garantimos que está consultando dermatologistas qualificados, com equipamentos e treinamento de ponta, que farão o possível para obter o melhor resultado. Informamos que as fotos utilizadas no site são meramente ilustrativas e fornecidas pelos fabricantes dos equipamentos.