bronzeado

Quem tem mais risco de ter câncer da pele?

Os fatores de risco conhecidos do câncer de pele incluem os seguintes:
  • Pele clara: pele, cabelos e olhos claros tem menor proteção produzida pelo próprio organismo, a melanina.
  • Genética: ter um histórico familiar de câncer em qualquer área, inclusive da pele aumenta o risco de ocorrer carcinomas ou melanoma.
  • Idade: normalmente  é mais comum após os 40 anos, pois os efeitos danosos do sol são cumulativos.
  • Exposição solar e queimadura do sol: quem apresentou queimaduras solares com bolhas e/ou descamação aumenta o risco. Áreas expostas ao sol são as que mais apresentam cânceres. A radiação ultravioleta é de longe a principal causa.
  •  Lesão anterior: quem já teve um quadro de carcinoma, tem chances aumentadas de apresentar outro.

Conhecer o seu corpo, aprender como é a sua pele, conhecer seu histórico familiar, visitar dermatologista em caso de qualquer alteração notada e usar filtro solar adequado todos os dias nas áreas expostas, são atitudes de pessoa inteligente. Qualquer pessoa pode apresentar a doença. Nossa grande sorte é quando conseguimos fazer o diagnóstico precoce, pois aí a cura é de quase 100% , diz Hugo Weiss dermatologista.

Clínica Weiss, centro de treinamento e referência em Dermatologia e Laser.


É importante ficar bem claro que a medicina não é uma ciência exata, e que os resultados podem variar, dependendo da região tratada, do tipo de pele, do tratamento empregado, do seu engajamento nos cuidados indicados e nas suas expectativas. Nós lhe garantimos que está consultando dermatologistas qualificados, com equipamentos e treinamento de ponta, que farão o possível para obter o melhor resultado. Informamos que as fotos utilizadas no site são meramente ilustrativas e fornecidas pelos fabricantes dos equipamentos.