Rosácea – Tratamentos, sintomas, causas e por que tratar?

A rosácea é uma condição crônica da pele caracterizada pela vermelhidão facial que, progressivamente vai sendo acompanhada de lesões que parecem “espinhas”.

Fatores desencadeantes

Além de possíveis fatores genéticos, temperaturas extremas, bebidas alcóolicas, principalmente o vinho tinto, comidas apimentadas e alterações psicossomáticas. Imagina você numa reunião de trabalho ou numa festa, e, de repente, sua pele fica avermelhada e com sensação de ardência, às vezes acompanhada de acne.

Por que tratar rosácea?

É uma doença incômoda, que pode, aos poucos, se tornar desfigurante. Quem a tem sabe que os sintomas são muito desagradáveis e, ainda hoje, tem o estigma de remeter à imagem de alcoolista.

O tratamento

A nova tecnologia, somando Laser Genesis e Luz Intensa Pulsada de última geração tem se mostrado a melhor forma de enfrentar a rosácea. Com um número variado de aplicações, dependendo do grau em que se encontra, essa metodologia pode controlar a doença e inclusive eliminar a vermelhidão que lhe é característica.

Cuidados antes do tratamento

Ao comparecer para realizar a sessão de tratamento, não use cosméticos, filtro solar ou perfume nas áreas a serem tratadas. Venha de “cara limpa”. Chegue antes do horário marcado para a documentação fotográfica e registros.

Completando a terapêutica torna-se necessário o uso de filtro solar e produtos a serem determinados durante a consulta médica.

De quantos tratamentos irei necessitar?

A soma dos vasinhos dilatados determina o aparecimento da vermelhidão, geralmente mais visível nas bochechas, nariz e queixo. O próximo passo é o aparecimento de lesões semelhantes à acne. Cada sessão isolada produz um resultado parcial. Em média são três a seis sessões para alcaçar o resultado desejado, dependendo de cada caso.

O que vou sentir durante a sessão?

Quase sempre os pacientes descrevem o tratamento como “relaxante e agradável”. Você irá sentir um suave aquecimento na superfície da pele. Logo após a aplicação do filtro solar você poderá retornar às suas atividades.

Conclusão

A maioria dos pacientes não 0bserva nenhum efeito colateral. Quando acontece, é uma leve vermelhidão das áreas tratadas que desaparecem após poucas horas. Para alcançar o resultado pleno, as orientações médicas devem ser seguidas, e qualquer altyeração ou dúvida devem ser comunicadas com a maior brevidade ao médico.