Med Spa

Microagulhamento

O microagulhamento, nomenclatura mais conhecida para a Indução Percutânea de Colágeno por agulhas (IPCA) vem sendo cada vez mais utilizado na prática médica.

O procedimento consiste no uso de um conjunto de diminutas agulhas, que são aplicadas na superfície da pele, causando diminutas perfurações. A partir desses microtraumatismos ocorre o estímulo para a formação de colágeno e recuperação da epiderme, camada mais superficial da pele. Como resultado, temos uma melhora na textura e firmeza da pele.

O tratamento consiste de três a cinco sessões, com intervalos mensais, e a recuperação é bastante rápida, em torno de 48 horas.

Como é feito o microagulhamento?

  • O paciente deverá chegar à clínica 30 minutos antes do procedimento para a aplicação de anestésico tópico. Pessoas muito sensíveis poderão também usar um analgésico;
  • É realizada uma limpeza com sabão e antisséptico sobre a área a ser tratada;
  • Após o procedimento podemos nos beneficiar das diminutas áreas de solução de continuidade – perfurações – e aplicar ativos que agirão profundamente na pele, como por exemplo, a vitamina C;

Quais os cuidados após o procedimento?

Os cuidados basicamente consistem em lavar a área tratada com água e sabonete, enxugando com uma toalha limpa, e, nas primeiras 48 horas, usar creme específico, prescrito pelo seu médico, de preferência antimicrobiano. A aplicação de filtro solar deverá ser rigorosa.

Quais as indicações para o microagulhamento?

Sendo um procedimento que estimula a formação do colágeno, melhora a circulação local e renova a epiderme, camada mais superficial da pele, suas indicações são muito variadas:

  • Cicatrizes superficiais de acne;
  • Poros dilatados;
  • Manchas na pele;
  • Estrias;
  • Flacidez;

Uma indicação mais recente, que vem mostrando boa resposta, é como adjuvante no tratamento da calvície.

Quais as contra-indicações?

  • Pele bronzeada;
  • Infecções ativas na pele da área a ser tratada;

Como todo e qualquer procedimento, a avaliação clínica, as indicações e contra-indicações devem ser discutidas com o seu dermatologista, para que se alcance os melhores resultados.

É importante ficar bem claro que a medicina não é uma ciência exata, e que os resultados podem variar, dependendo da região tratada, do tipo de pele, do tratamento empregado, do seu engajamento nos cuidados indicados e nas suas expectativas. Nós lhe garantimos que está consultando dermatologistas qualificados, com equipamentos e treinamento de ponta, que farão o possível para obter o melhor resultado. Informamos que as fotos utilizadas no site são meramente ilustrativas e fornecidas pelos fabricantes dos equipamentos.